Mulher Negra e o saber psicológico

Autores: Cristiane Souza Borzuk Resumo: Conforme discorrido por muitas pesquisadoras brasileiras (GONZALEZ, 1982; CARNEIRO, 2003; NASCIMENTO, 2008; WERNECK, 2010; PRESTES, 2013), as mulheres negras na história do país sempre tiveram um papel ativo no que diz respeito ao trabalho, estratégias de luta, cuidado e disseminação de saberes. Contudo, a história e conhecimentos hegemônicos construíram uma […]

Psicologia Afrocentrada no Brasil: psicologia da educação em diálogo com saberes tradicionais.

Organizadora: Simone Gibran Nogueira Resumo: A Psicologia Afrocentrada, no seio da Ancestralidade Africana e Afro-diaspórica, é uma produção coletiva, solidária, sendo uma das protagonistas da guinada epistemológica que vivemos em nosso tempo, em companhia do afrocentrismo, da decolonialidade, das filosofias africanas, dos feminismos negros, das filosofias da libertação latino-americana, da educação das relações etnicorraciais, da […]

Libertação, Descolonização e Africanização da Psicologia

Autores: Simone Gibran Nogueira Resumo: Este livro tem o objetivo de chamar a atenção de profissionais preocupados com as relações étnico-raciais para a importância de conhecimentos e práticas de raiz africana, que são mantidos no cotidiano do país. Representa um convite e um desafio à psicologia brasileira para atentar às demandas próprias da população afrodescendente, […]

Psicólogas brancas e relações étnico-raciais: em busca de uma formação crítica sobre a branquitude.

Autores: Simone Gibran Nogueira Resumo: Este trabalho apresenta uma síntese de discussões realizadas em um grupo de estudos sobre relações étnico-raciais, composto por psicólogas brancas pós-graduandas, pelo período de três semestres. Os estudos foram motivados pela lacuna na formação em Psicologia no que diz respeito às relações étnico-raciais. São discutidos os efeitos da branquitude na […]

Ciclo de Práticas Culturais Populares e Educação

O presente trabalho visa descrever e divulgar experiências inovadoras que estão sendo realizadas na UFSCar por meio do projeto de extensão “Ciclo de Práticas Culturais Populares e Educação”, que se insere no contexto atual do Programa de Ações Afirmativas e do Fórum Interinstitucional em Defesa das Ações Afirmativas no Ensino Superior, implantado pelo Núcleo de estudos Afro-Brasileiros (NEAB/UFSCar) em parceria com o Centro de Estudos Afro-Orientais da Universidade federal da Bahia (CEAO/UFBA) e a Ford Foundation.

Que educação das relações étnico – raciais queremos no século XXI?

Autores: Simone Gibran Nogueira Resumo: Este artigo visa abordar desafios que estão colocados dentro do contexto das Políticas de Ações Afirmativas na área da Educação, que entraram em vigor no Brasil desde 2003, mais especificamente a Lei 10.639/2003 e 11.645/2008. A ideia central é analisar criticamente que nós, brasileiros, tivemos, e ainda temos, uma educação […]

Processos educativos da Capoeira Angola e construção do pertencimento étnico-racial

Autores: Simone Gibran Nogueira Resumo: Como, e em que circunstâncias, os ensinamentos e os aprendizados da Capoeira Angola contribuem para a construção do pertencimento étnico-racial em profissionais negros com formação universitária? Busca assim, identificar contribuições da Capoeira Angola para a construção do pertencimento étnico-racial e para a superação de dificuldades em ambiente profissional majoritariamente branco, […]

plugins premium WordPress