Mestrado em Educação

Eu, Simone Gibran Nogueira, produzi uma pesquisa de Mestrado em Educação no Departamento de Metodologia de Ensino da Universidade Federal de São Carlos. Seguem resumo e arquivo completo em PDF.

Título: Processos Educativos da Capoeira Angola e Construção do Pertencimento Étnico-Racial 

Dra. Petronilha B. G. e Silva
Dra. Petronilha B. G. e Silva

Orientadora: Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva

RESUMO

A questão orientadora da pesquisa é: Como, e em que circunstâncias, os ensinamentos e os aprendizados da Capoeira Angola contribuem para a construção do pertencimento étnico-racial em profissionais negros com formação universitária? Busca assim, identificar contribuições da Capoeira Angola para a construção do pertencimento étnico-racial e para a superação de dificuldades em ambiente profissional majoritariamente branco, hostil e adverso aos negros(as), como o da universidade. As referências teóricas da pesquisa constituíram-se em base de literatura do campo da Educação e da Psicologia, neste caso: Black Psychology e African Psychology. A fim de coletar os dados foram realizadas visitas e conversas aprofundadas com dois angoleiros negros que cursaram universidade, bem como, foi realizada uma Roda de Conversa com a participação de dois mestres e três professores-mestrando de Capoeira Angola, que contribuíram para uma compreensão mais coletiva de como o pertencimento étnico-racial pode ser construído em meio a um grupo que cultiva tradições de raiz africana. A pesquisa foi realizada com postura inspirada na Fenomenologia e os dados foram analisados com base em significados expressos pelos participantes. A pesquisa mostra que ser negro no Brasil é muito difícil, mas a prática da Capoeira Angola promove tanto a saúde psicológica quanto o fortalecimento do pertencimento étnico-racial em negros e não-negros. Isto ocorre porque seus processos educativos se constituem em pedagogias anti-racistas, que favorecem tanto o aprendizado de conviver na diversidade quanto o aprendizado de lutar para transformar a sociedade num ambiente mais justo, igualitário e democrático. Deste modo, fica evidente que conhecimentos e formas de transmissão próprios da Capoeira Angola podem fortalecer, a implementação de políticas de Ações Afirmativas.

Palavras-chaves: Construção Pertencimento Étnico-Racial, Capoeira Angola, Psicologia Africana, Práticas Sociais e Processos Educativos, e Ensino Superior.

Arquivo da Dissertação de Mestrado em PDFProcessos Educativos da Capoeira Angola e Construção do Pertencimento Étnico-Racial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: