Jacqueline Atkins

Currículo – Psicóloga clínica licenciada e doutorada em Psicologia Clínica / Comunitária pela Universidade da Carolina do Sul. Atualmente, ela é vice-presidente de Programas de Fortalecimento de Famílias no Children’s Institute (CII). Em sua função atual, ela supervisiona todos os contratos do Departamento de Crianças e Serviços Familiares (DCFS) da CII; vários programas de saúde mental; bem como o estágio no terceiro ano da UCLA, o programa de treinamento credenciado pela APA e a bolsa de pós-doutorado. Ela mantém um forte interesse em pesquisa e, como chefe do Conselho de Revisão Institucional do Instituto Infantil (IRB), analisa, monitora e aprova todas as pesquisas envolvendo seres humanos na organização. Professora Adjunta no Programa de Educação e Psicologia na Universidade de Pepperdine.

Sua fala na Reunião Online Da Associação de Psicólogos Negros (ABPsi) dos EUA – 18/04/2020 (Resposta de Psicólogas/os Negras/os frente à Pandemia)

JACQUELINE ATKINS (Tradução Simone Gibran Nogueira)

Vou falar de algumas estratégias práticas que podemos usar com as crianças. Primeiro, é muito importante que os adultos tenham práticas de autocuidado, que nós cuidemos de nós mesmos emocional, mental fisicamente para que possamos estar realmente presentes para nossas crianças.  Algumas das formas de estarmos presentes para nossas crianças nesse tempo, e em todos os tempos, é ouvir e validar suas preocupações. É importante que elas se sintam escutadas, para que elas também possam se sentir empoderadas.  É também uma oportunidade de ressignificar algumas de suas preocupações das crianças. Seja se eles estão estressados em casa, seja porque estão preocupados com o que eles estão passando, um resfriado, ou qualquer coisa que eles possam estar pensando. Quando estamos abrigados em casa temos também a oportunidade de ficar quietos e conectar ou reconectar uns com os outros. Então nossa habilidade de significar estas coisas para nossas crianças e ajudá-los nestas respostas é algo bastante importante nesse momento. 

Outra coisa importante é rotina.  Muitas de nossas crianças estão fora da escola. Isso significa que há muitas distrações, ou as coisas que estavam previamente estabelecidas não valem mais. Nesse sentido é bastante importante que eles tenham uma rotina sensível.  Nós podemos fazer essa rotina. Nós continuamos a acordar de manhã, ir para o computador, ou pegar um livro e ler. Nós criamos essas coisas para gerar um senso de normalidade, mas também ajuda a conter boa parte das emoções que podem surgir da falta de estrutura ou da mudança nesse período de isolamento.  Esta é outra estratégia que pode te apoiar e dar suporte para as crianças.

Outra coisa importante é favorecer que as crianças tenham um senso de controle.  Tem muitas informações lá fora e muitas que não podemos controlar. Mas é bastante importante sermos honestos e desenvolvermos conversas com as crianças sobre as coisas que eles podem fazer para manter eles mesmos seguros.  E também o que que eles podem fazer dentro de casa para proteger toda a família.  Lavar as mãos,  o afastamento entre as pessoas, são todas as coisas que podemos conversar abertamente com elas.  Dessa forma eles podem ter um sentimento de controle e que eles tem o poder de fazer algumas coisas que podem os manter seguros. E que seus cuidadores e parentes também estão fazendo coisas para mantê-los seguros.

Por fim, quero falar de revitalização. Dr. Nobles falou disso recentemente num artigo publicado. Esta é de novo uma oportunidade de juntar as bandas do relacionamento.  Mesmo que estejamos numa distância social, nós podemos nos conectar com os nossos mais velhos,  ligar para nossos avós, nossos primos. Alcançar todas aquelas pessoas importantes. Pensar em todas estas conexões e reconexões e conversar sobre elas com nossas crianças. Também é muito importante conversar sobre o reconhecimento da importância da tradição, cultura,  da comunidade coletiva e como eles servem como fatores de proteção para nossa família para nossa comunidade e para as crianças. Por causa disso eles podem promover resiliência e restaurar o equilíbrio novamente. E nós vamos equilibrar isso de novo. Esses são os tipo de coisas que podem criar resiliência e empoderar nossas crianças e restaurar em nossas crianças o senso de controle.

Um comentário em “Jacqueline Atkins

  1. Agradeço querida MegiYa pelo partilhar deste suporte para nós mães e pais e filhas e filhos! Estarmos conectados com nossas tarefas cotidianas e inserir as crianças de alguma forma nesses afazeres têm me aproximado de meu filho e também das minhas possibilidades de criar e educar com criatividade e leveza, a ele e a mim! kolofe!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: