Derreck Wilson

 Currículo – Diretor executivo do Comportamento Integral e Bem Estar. Ele tem pesquisas sobre a saúde mental positiva na cultura Bantu como um modelo a ser utilizado para aqueles com ascendência africana, abordagens afrocentradas, competência cultura e redução das disparidades mentais. Ele é diretor da cadeira de Psicologia Negra Afrocentrada na ABPsi e ex-presidente da ABPsi Houston.

Sua fala na Reunião Online Da Associação de Psicólogos Negros (ABPsi) dos EUA – 18/04/2020 (Resposta de Psicólogas/os Negras/os frente à Pandemia)

DERRECK WILSON (Tradução Simone Gibran Nogueira)

Dra. Afiya foi ótima. Nós precisamos reconhecer a maneira como nós funcionamos e a maneira como nós vivemos. Precisamos voltar a maneira como nós éramos antes. Olhar para o passado e ver o que podemos fazer no presente e não para o futuro. É importante que eu destaque como somos e como deveríamos ser. Vou falar dos três C´s: ser confiante, ser conectado e ser consciente. Todos tocaram esses 3 pontos em algum momento desta discussão. 

Então a ideia central de ser conectado é em relação a quem nós somos enquanto povo, família, e comunidade. Nós temos que nos ligar uns aos outros. Percebo que esta conexão tem acontecido bastante por mensagens de texto, chamadas de Zoom, e videochamadas no celular. 

Precisamos ser competentes. E isto é algo muito importante. A competencia tem haver com a habilidade de ver o que é real e o que não é real. Muitas vezes nós pegamos as mensagens da mídia e a exacerbamos sem realmente entender o que é real e o que não é real. Muitas das conversas que Afyia falou sobre olhar para proverbios e para árvore da família… a gente tem que fazer entre nós. Alguns dos passos que estão sendo demandados para nós agora, nossos mais velhos já viveram e eles encontraram um caminho. Então, o melhor é ter nossos avós por perto, é ter nossos mais velhos por perto e agora é o tempo de sentar e ouvir suas as histórias. Reconhecer as histórias que eles nos contaram ao longo de tanto tempo. Isso nos diz que temos que voltar atrás em busca daquele senso de entendimento, de conhecimento e como comunicar particularmente para nossas crianças. 

E a questão de ser consciente – a consciência é tão importante para nossa gente negra. Nós não podemos funcionar sem ter um nível alto de consciência para sobreviver. Não enquanto indivíduos, mas enquanto um grupo coletivo. Temos que desenvolver maneira de reconhecer quem nós somos. Tive uma conversa com um colega de 30 anos atrás e a conversa foi assim: Essa coisa é real mesmo? O que está acontecendo? Será que foi feita pelo homem? Porque as pessoas negras são as mais afetadas? Temos que levantar conscientemente esse questionamento e ter maneiras de discutir conscientemente. Isso é muito importante para nós. 

Para mim este modelo de se manter conectado, desenvolver o senso de competência e consciência. Esse é um modelo que serve para a população negra, e podemos colocar tudo que importa dentro desta integralidade. Reconhecendo essas 3 preocupações. 

Essa é uma coisa que temos que fazer. Semba Simbi – “Hold that that holds you up”. “Segure aquilo que te segura no alto”. Precisamos segurar aqueles aos quais devemos fazer reverências e respeitar eles. Seja nossos autores, nossos rituais, nossos ancestrais, nossos mais velhos. Segure aqueles que te segura no alto. Este é o tempo em que nós espelhamos para nossas crianças, para nossas netas e netos. Esta é minha mãe há algum tempo atrás, ela costumava nos contar histórias. Nós tínhamos que viver e se curvar diantes destas histórias. Então nós temos que tirar nossas mentes desse tormento, do que significa para nós a chamada “distância”. Nós temos que refletir sobre estas coisas. Nós temos que continuar nos conectando uns com os outros. Nós precisamos continuar dizendo, eu estou olhando por vocês. Ou simplesmente dizer: como você está hoje? Como você está lidando com isso hoje? É simples. Não custa nada. 

Outra coisa que eu também gosto de fazer é espalhar música. Sei que a música foi discutida antes. Nós espalhamos música. Alguma música que te lembre algo que te aconteceu em algum momento da sua vida e traga isso de volta. Lembre suas memória e tenha a consciência de que você ainda está aqui. Isto é o que reflete, você ainda está aqui nesse jogo junto com todos. 

%d blogueiros gostam disto: