Conferência – Fontes de Excelência Educacional com base africana

O Alonzo A. Crim Center for Urban Educational Excellence ligado à Universidade Estadual da Georgia em Atlanta/EUA realiza anualmente a Sources for Urban Educational Excellence Conference. Em 2012, Sources Conference aconteceu entre os dias 27 e 28 de abril.

Chamada dos Tambores para começar a conferência. Simone (berimbau), mulher percussionista (jembe), Dr. Williams diretor do Crim Center (Jembe) e Dr. Vera (no balde).

No dia 27 a conferencia reuniu inúmeras entidades que trabalham com educação multicultural em Atlanta. Os representantes destas entidades sentaram em grupo e coletivamente discutiram dificuldades e desafios colocados para cada uma das instituições. Todos receberam reflexões e sugestões para a melhoria e avanço dos trabalhos desenvolvidos.

Simone Nogueira e Dr. Layli Maparyan – seu livro “The womanist idea”.

No dia 28 na parte da manhã estudantes e acadêmicos apresentaram trabalhos e pesquisas sobre Excelência Educacional Urbana. Destaco entre esses trabalho a apresentação de Chike Akua, educador premiado que produz material didático, forma professores e desenvolve pesquisas dentro dos estudos africanos em educação. Segue o vídeo em que ele apresenta o significado de ser professor/educador no Egito Antigo (2000a.c.) na civilização Kemética.

Garfield Bright, Simone Nogueira e Crystal Bradley.Outro trabalho que me chamou a atenção foi o projeto de extensão realizado por Ms. Garfield Bright e Ms. Crystal Bradley intitulado “The word is the Bomb” no qual eles utilizam os cinco elementos do Hip Hop para ensinar   o significado das palavras para crianças e jovens empobrecidos. Eles traziam a etimologia da palavra, reflexões críticas sobre seus significados e os educandos compunham músicas ao final do projeto.

  No dia 28 a tarde eu tive a oportunidade de coordenar a última atividade da Sources Conference, organizamos RODAS DE CONVERSA sobre EDUCAÇÃO CENTRADA NA RAIZ AFRICANA. Participaram da organização desta atividade, Simone Nogueira, Garfield Bright, Vera Stenhouse, Rosalyn Martin. Realizamos 9 rodas de conversas simultaneas, com cerca de 10 pessoas em cada uma. Ao final, houve um momento coletivo em que todos as rodas puderam compartilhar os resultados de suas discussões. Participaram destas rodas estudantes de graduação, professores, diretores de escolas, poder público, acadêmicos, ONGs, ativistas negros tanto de Atlanta como de várias outras localidades dos EUA. Seguem algumas fotos.

Um comentário em “Conferência – Fontes de Excelência Educacional com base africana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: