Vista Xalapa e Mexico DF 2012

Em 2012 Mestre Pé de Chumbo fez uma jornada que passou pelo México e pelos EUA. Ele ficou um mês em cada país. No México ele visitou os 3 núcleos do grupo: DF, San Cristoban (Chiapas), Xalapa (Vera Cruz). Eu, Professora Simone, só participei das atividades de Xalapa de 04 a 12 de abril e nesse período a Mestra Dedê do CECA São Paulo veio do Brasil para o México também. Ressalto que esta viagem para o México foi uma viagem de pesquisa de campo com objetivo de retomar a vivência de campo e compartilhar os avanços da pesquisa. Com este propósito as passagens foram financiadas pelo Alonzo A. Crim Center for Urban Educational Excellence da Universidade Estadual da Georgia em Atlanta – EUA.

Mestre Pé de Chumbo, alunos CECA México, Professora Dede e Trenel Simone do Brasil. Xalapa, Abril 2012.

A programação em Xalapa foi super intensa e coletiva. Alunos dos outros núcleos do CECA México estavam lá também: Bolinho do DF e Zarape, Caverinha e Japa de San Cristoban. Ficamos todos na casa do Professor Omar, que não é tão grande assim, mas acomodou o Mestre, Dedê, Eu, Omar e Naina; e do lado de fora, no quintal que parecia uma floresta, acamparam os meninos do DF e San Cristoban. Treinamos todos os dias duas vezes por dia. Além disso, participamos de outras atividades culturais como será apresentado a seguir.

Aula de Musica com Mestre Pé de Chumbo no quintal do Professor Omar. Look na floresta! abril 2012

Treino de capoeira angola no CECA Mexico com Mestre Pe de Chumbo. Abril 2012.

O CECA México participou do Festival de Cultura Afro em Xalapa. No sabado dia 07 aconteceu uma noite de apresentações culturais afro-mexicanas e africanas e entre as apresentações houve a roda de capoeira angola do grupo Federação Internacional de Capoeira Angola (FICA México) da qual o Mestre Pé de Chumbo e seus alunos do CECA México e Brasil participaram.

Roda do grupo FICA no Festival de Cultura Afro em Xalapa, com participação de Mestre Pe de Chumbo e alunos do CECA.
Grupo FICA e Grupo CECA no final da Roda do Festival de Cultura Afro de Xalapa. Abril 2012

Visitamos Museu de Antropologia de Xalapa que tem dos povos Olmeca, uma das civilizações mais antigas das Américas datando de 1200a.c. e a qual claramente recebeu influências de povos africanos e chineses (em breve matéria especial no Blog).

Monolítico de 1200a.c. anos com feições africanas, encontrado na região de Vera Cruz no México, evidência da presença africana nas Américas desde aquela época. Com Professora Simone, Mestre Pé de Chumbo e Professor Omar. Abril 2012
Evidência da presença Asiática datada de 1000a.c. nas Américas.

A Profa. Dra. Sagrário Cruz Carreteroda Universidade deVera Cruz que pesquisa a terceira raiz no México, ou seja, as influências africanas, apresentou seu trabalho de pesquisa e um documentário sobre a temática.

Apresentação para o CECA Mexico sobre a Presença Africana no México com a Profa. Sagrario.
Professora Simone, Profa. Sagrario e Mestre Pe de Chumbo em um dos cafés da manhã coletivos em Xalapa. Abril 2012

Eu, Professora Simone, também apresentei a minha pesquisa de doutorado que analisa os processos educativos da capoeira angola na formação intersubjetiva de angoleiros e angoleiras e como analiso isso a partir do olhar da Psicologia Africana.

Trenel Simone apresentando pesquisa de doutorado em Psicologia Africana para os CECA México. Abril 2012

Além das atividades de capoeira angola e cultura afro-mexicana descritas acima, o encontro do Mestre Pé de Chumbo com os alunos do México e as alunas do Brasil, Mestra Dede e Professora Simone, foi muito especial. Como estávamos todos juntos na mesma casa a convivência coletiva foi intensa, quase não sobrou tempo para relações mais individuais.

Japa, Namorada, Zarape, Caverinha, Visita, Bolinho, Mestre Pe de Chumbo, Omar e Naina no café da manhã coletivo

Todos acordávamos cedo e íamos fazer o café da manhã coletivo, depois saíamos para o treino. Voltávamos na hora do almoço para cozinhar coletivamente a comida e limpar a sujeira depois. Descansávamos e conversávamos um pouco e logo era hora do treino da noite. Depois do treino da noite voltávamos para a casa para fazer a janta, comer, limpar e dormir. Assim era a nossa rotina super coletiva e

Omar, Zarape, Namorada, Eu, Dede, Mestre Pe de Chumbo e Valerie numa janta coletiva na casa do Omar em Xalapa. Abril

intensa e só variava um pouco quando tínhamos alguma outra atividade a tarde, como a ida ao Museu de Antropologia, que aí comíamos fora de casa para aproveitar melhor o tempo. Foi muito engraçado que não tive muitas oportunidades de conversar pessoalmente com cada uma das pessoas, era tudo tão coletivo e conjunto que as conversas que rolaram foram durante a produção da comida, a limpeza da casa e nas mesas de refeição.

Omar, Simone e Naina numa padaria que tem mais de 100 anos em Coatepec, distrito de Xalapa

Para mim sou eternamente grata a Deus, ao Mestre Pé de Chumbo e aos meu queridos irmãos camaradas do México e a minha amiga Dedê por proporcionar e compartilhar esses momentos tão gostosos no México. Foi um momento muito especial e importante para mim na capoeira angola e na vida. 

Fazendo a comida na casa da Valerie. Professora Dede, Caverinha, Trenel Omar e Valerie
Passeio no DF. Professor Omar, Mestre Pe de Chumbo, Mestra Dede, Professora Simone e Bolinho.
Comendo Grilo no Mexico DF. Coisas de Bolinho! Com Professora Dede e Professora Simone.

Passeando na Cidade do Mexico. Mestre Pe de Chumbo, Trenel Simone e Professora Dede.

Artesanato mexicano
Artesanato mexicano
Artesanato Mexicano

Um comentário em “Vista Xalapa e Mexico DF 2012

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: